tome nota

DESTAQUES
ELEIÇÃO SEM LULA É FRAUDE

sociedadepoliticaecultura
ultimas noticias
23/03/2018

00.31
este campo foi
editado por
SPC.

Pesquisar neste blog

terça-feira, 31 de maio de 2016

FRENTE BRASIL POPULAR CONVOCA ATO PARA DIA 10

Ato na Av. Paulista, 25 de maio de 2016: foto Norian Segatto


Confira a nota das Frentes Brasil Popular e Povo sem medo sobre a convocação de atos nacionais dia 10. Em cada região, as organizações estão agendando suas programações.


Com menos de um mês da aplicação do golpe, a conta já chegou aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. O presidente ilegítimo e golpista, Michel Temer, não esconde o que estava por trás do afastamento ilegal da presidenta Dilma Rousseff: reforma da previdência, com arrocho nos direitos dos trabalhadores, desvinculação do orçamento da educação e saúde, suspensão de programas sociais como Minha Casa, Minha Vida, FIES, PROUNI e PRONATEC, criminalização e perseguição dos movimentos sociais. 

Os escândalos de corrupção envolvendo Aécio Neves, Temer e  Eduardo Cunha demonstram que os chefes do golpe arquitetaram toda movimentação para derrubar a Presidenta Dilma, sem crime de responsabilidade, para  parar as investigações da Lava –Jato, usurpar o poder e aplicar o projeto mais neoliberal da história do Brasil. 

Não reconhecemos o governo golpista, Temer não governará. A rua já é o nosso lugar de resistência, as ocupações são os comitês de resistência, e a luta o nosso lema. Não temos nada a Temer. 

Por isso, convocamos toda população brasileira, que preza pela democracia e que não reconhece o governo golpista, a ocuparem as ruas e avenidas no dia Nacional de Mobilização pelo “Fora Temer”, no dia 10 de junho de 2016. Seremos milhões em todo o Brasil.  
Frente Brasil Popular         
Frente Povo Sem Medo 

segunda-feira, 30 de maio de 2016

QUANDO CALAR NÃO É ALTERNATIVA

Gentili: mais um idiota da safra CQC



José Trajano é um dos atualmente raros jornalistas /comentaristas que não têm medo de se posicionar publicamente. Recentemente, participou de atos contra o fechamento do MinC. 

Na semana passada, durante transmissão de um programa na ESPN, Trajano - a exemplo de muitos outros - criticou o trágico estupro de uma jovem no Rio de Janeiro. Até aí nada demais, muitos fizeram isso.

terça-feira, 24 de maio de 2016

PACOTE ANUNCIADO POR TEMER É PENA DE MORTE PARA PROGRAMAS SOCIAS

Temer durante anuncio das medidas



O presidente golpista Michel Temer anunciou na manhã de hoje (24.maio.2016) um pacote de medidas para cortar gastos do governo - leia-se programas sociais e gastos com saúde e educação.

Atualmente, a lei exige que a União gaste um percentual fixo do orçamento nas áreas de saúde e educação. A proposta encaminhada por Temer ao Congresso desvincula o orçamento desses percentuais. Segundo o que pretende o governo golpista, as despesas públicas só poderão crescer no percentual da inflação do ano anterior.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

MALANDRINHO, SERRA E PARENTE DERAM R$ 2,9bi DO BC PARA SALVAR BANCOS PRIVADOS (QUE ACABARAM FALINDO)




Pedro Parente, novo presidente da Petrobrás, fez parte do núcleo central do governo FHC e, além da herança maldita do apagão e das políticas de privatização, carregou no currículo duas ações de reparação de danos por improbidade administrativa em 1994, quando era ministro da Casa Civil tucana. 

As ações movidas pelo Ministério Público Federal se referem ao aporte de R$ 2,9 bilhões dados pelo Banco Central aos ex-bancos Bamerindus e Econômico, como parte do Proer –programa criado por FHC para socorrer bancos privados com recursos públicos. 

A ação também envolve José Serra (na época ministro do Planejamento) e Pedro Malan (ministro da Fazenda).


TEMER TINHA DOIS NEURÔNIOS, JUCÁ E SERRA...PERDEU UM





Quem conhece a trajetória política de Michel Sinistro Temer, sabe que elaboração política de alto nível nunca foi seu forte. Ele está mais para o tipo Eduardo Cunha, de articulações de baixo clero congressista, se esgueirando nas sombras da política como um mordomo do castelo de Dusseldorf.

Quem, de fato, articula a política mais ampla do recém (e já velho) governo golpista é (era) Romero Jucá e José Serra. Temer age como o boneco falante, marionete nas mãos de ventríloquos.

Romero Jucá não está sendo investigado apenas na Lava Jato, com suspeita de receber propina da UTC Engenharia, que operava na Petrobrás. Ele é investigado, também, na operação Zelotes, com proprinas que chegam, segundo denúncias, a R$ 15 milhões. Também é acusado de possuir empresas de comunicação em nomes de laranjas, entre outros "desvios de conduta", que remontam há longo tempo.

Agora, Sinistro Temer perdeu um de seus neurônios, como vai recompô-lo é o que se discute no Palácio nesse momento. O rato Cunha quer emplacar mais um... vamos aguardar para ver o que acontece.


domingo, 22 de maio de 2016

MARADONA CONTINUA A BATER UM BOLÃO

Algum atleta brasileiro se atreve a aderir?


Um dos melhores jogadores de todos os tempos, Maradona não se intimida de defender seus princípios. Enquanto no Brasil um certo "atleta do século" passará para a história com frases como "o povo não sabe votar", e um ex-jogador travestido de senador vota a favor do impeachment, o craque argentino 'mostrou a cara em favor da democracia brasileira.

Em seu perfil no Facebook, Maradona publicou uma imagem segurando uma camisa da seleção com o nome de Lula e o número 18 (em referência às próprias eleições, em 2018) nas costas.

Na legenda, Maradona escreveu em espanhol, italiano e inglês: "Um soldado de Lula e Dilma".

Bate um bolão esse cara.

sábado, 21 de maio de 2016

MANIFESTO DOS PROFESSORES DA UNIVERSIDADE DE PONTA GROSSA






MANIFESTO DOS PROFESSORES DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

Face aos rumorosos fatos acontecidos no dia de ontem (19/05/2016), na Câmara Municipal de Ponta Grossa, que envolveram um acadêmico do Curso de Licenciatura em História da UEPG, os docentes do Departamento de História vêm a público externar sua postura diante do lamentável evento.
No dia de ontem, 19 de maio de 2016, em razão da visita do governador Carlos Alberto Richa, ocorreu na Câmara Municipal, espaço público por excelência, manifestação organizada por acadêmicos da UEPG, instituição que vem sofrendo as graves consequências das práticas políticas adotadas pelo sr. governador. A exemplo do que vem acontecendo Brasil afora, a manifestação foi desproporcionalmente reprimida: os alunos, em número infinitamente menor, foram agredidos física e verbalmente por parte da plateia e da Guarda Municipal.
Um deles, acadêmico de História, foi perseguido, agredido e machucado quando se dirigia ao seu carro; foi colocado em um camburão e levado, sob ameaças, em voltas pela cidade em um claro ato de abuso que extrapola a ação policial e se configura como sequestro de um cidadão.
Sequestro esse que também se aplica ao direito de expressão diante de um governo questionável, sequestro da palavra e sequestro do processo democrático que estamos assistindo no país e que chega de forma ameaçadora às nossas portas. O estudante, que é estagiário do Arquivo na Prefeitura Municipal, sob a supervisão deste Departamento, teve sua vinculação de estágio cortada de forma imediata, sem contemplações e sem comunicação ao supervisor de estágio no Departamento de História, configurando um ato abusivo e sem justificativa, no âmbito das relações de estágio.
Não é desconhecido da sociedade local e nacional o ataque aos direitos do funcionalismo público do Estado do Paraná desde os finais do ano de 2014. A ocupação da ALEP em fevereiro de 2015 e o Massacre de 29 de abril, fartamente documentados e distorcidos pelo governador do Estado do Paraná, provocaram em todos os servidores uma forte reação pelo simples fato de que nada ainda foi devidamente apurado e nem seus responsáveis punidos.
Se é direito e dever para o Governador do Estado comparecer a eventos públicos a fim de cumprir sua agenda oficial, também não é menor o direito que a população e suas organizações sindicais e sociais possam organizar manifestações contrárias às políticas governamentais, em especial ao tratamento das coisas referentes à Educação.
É gozando dessa prerrogativa que os estudantes, a exemplo do que vem acontecendo em todo o Brasil, têm protagonizado uma resistência espontânea e justa àquilo que entendemos como agressão aos direitos da classe trabalhadora no campo dos direitos sociais. E o fazem sempre dentro do espírito de protesto pacífico e organizado.
Dessa forma, os docentes do Departamento de História vêm a público externar seu repúdio diante desses atos deploráveis, assim como alertar a comunidade para a preocupante escalada de violência contra os direitos humanos que hoje se apresenta temerária e contra a qual faremos, como sempre fizemos, a devida resistência. Da mesma forma, solicitamos que sejam apurados exaustivamente os abusos cometidos e restaurados os direitos retirados de forma intempestiva pelo poder municipal.

Como diz Renato Janine Ribeiro: a pior tortura é ter a voz silenciada. Por isso protestamos. Pelo direito à manifestação. Pelo respeito à divergência. Pelo direito à proteção. Pela democracia.

USP DEBATE CAMINHOS DA ESQUERDA



Nomes como Marilena Chaui, Ciro Gomes, Ivan Valente, Fernando Haddad, Vladimir Safatle, Jean Wyllys e Guilherme Boulos, entre outros, participam entre os dias 23 e 30 de maio de um ciclo de debates promovido pela USP para refletir sobre os "caminhos da esquerda diante do golpe". O evento acontece nos espaços dos cursos de História e Geografia do campus Butantã. 

O objetivo, segundo os organizadores, é abrir espaço para os diversos segmentos da esquerda sobre a crise política e as perspectivas do seu enfrentamento.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

TEMER COLOCA EX ASSESSOR DE CUNHA E AÉCIO NA EBC





O governo golpista diz com todas as letras a que veio. Mesmo antes de publicar a Medida Provisória, que prepara a toque de caixa, para mudar integralmente a Lei 11.652/08, que criou a EBC (e confere autonomia editorial à empresa frente ao governo), Michel Sinistro Temer nomeou Laerte Rimoli como novo presidente da Empresa Brasil de Comunicação.

TEMER VAI EDITAR MP PARA CONTROLAR EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO



Um dos primeiros atos do presidente golpista, Sinistro Temer, foi oficializar a demissão do jornalista Ricardo Melo da presidência da EBC - Empresa Brasil de Comunicação. Mas Temer não tem poderes para isso.

Lei aprovada no Congresso (com a voto favorável do próprio Temer) garante que o presidente da empresa pública de comunicação só pode ser demitido por questões legais ou pelo Conselho Curador da EBC, que é formado por 22 integrantes, 15 deles da sociedade civil. 

Quando a lei foi criada a proposta era garantir a autonomia editorial da empresa. Frente à resistência do Ricardo Melo, que entrou no STF (Supremo Tribunal Federal) com um mandado de segurança, o governo estuda uma Medida Provisória que altera completamente a lei, ataca frontalmente a autonomia da empresa de comunicação. 


NOTA DA FUP SOBRE A INDICAÇÃO DE PEDRO PARENTE PARA A PRESIDÊNCIA DA PETROBRÁS




A indicação de Pedro Parente para a presidência da Petrobrás é fortemente rechaçada pela Federação Única dos Petroleiros.
É inadmissível termos no comando da empresa um ex-ministro do governo Fernando Henrique Cardoso que chancelou processos de privatização e tem em seu currículo acusações de irregularidades e improbidade na administração pública.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

DIRETÓRIO DO PT APRESENTA SUA ANÁLISE SOBRE CONJUNTURA


Rui Falcão, presidente da legenda



Por: Agência PT de Notícias



O Partido dos Trabalhadores divulgou nesta terça-feira, (17), duas resoluções após reunião do Diretório Nacional. Veja a Resolução sobre conjuntura – Maio 2016 e a Resolução sobre eleições 2016.

Na resolução política, o partido condena o golpe contra a democracia brasileira e chama atenção para possíveis retrocessos aplicados pelo governo do presidente golpista de Michel Temer (PMDB). O PT alerta para “arrocho de salários e aposentadorias; eliminação de direitos trabalhistas; corte de gastos com programas sociais; anulação das vinculações constitucionais em saúde e educação; privatização de empresas estatais e abdicação da soberania sobre o pré-sal; submissão do país aos interesses das grandes corporações financeiras internacionais”. 

PASSEATA PARA A AV PAULISTA E OCUPA A FUNARTE

Foto: Norian Segatto



Com muitos gritos de guerra como "cultura sim, Temer não"; "vem pra rua vem contra os golpistas"; e "nem recatada, nem do lar, a mulherada está aqui para lutar", cerca de 7 mil pessoas caminharam, na tarde/noite de terça (17.maio.206) da Avenida Paulista até a sede da Funarte, no centro de São Paulo, para protestar contra o golpe e o fim do Ministério da Cultura.

A ocupação da Funarte de São Paulo começou na tarde da própria terça. Sedes em outras cidades, como Belo Horizonte e Rio de Janeiro também estão com mobilização.

Os manifestantes pedem a volta do Ministério da Cultura e afirmam não reconhecer o governo de Temer. Acho estranho não reconhecer um governo, mas querer travar com ele uma pauta para a volta do MinC, mas reconheço que todas as formas de resistência são válidas neste momento.

De qualquer modo, foi uma bela manifestação. Neste vídeo bem amador que postei dá para ter uma ideia. Agradeço ao rapaz - gravei o nome - que gentilmente abriu seu apartamento para poder fazer algumas imagens do alto.




Fecham algumas imagens


Foto: Danilo Ramos

Foto: Danilo Ramos

Foto: Norian Segatto

Foto: Norian Segatto








Foto: Norian Segatto

terça-feira, 17 de maio de 2016

RECOLONIZAR A AMÉRICA LATINA É O OBJETIVO DA DIREITA, DIZ ESQUIVEL, SE REFERINDO AO GOLPE NO BRASIL



O escritor e prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel publicou no jornal argentino Página 12 uma contundente crítica ao golpe orquestrado no Brasil. O intelectual já havia se posicionado contra o golpe em sua recente visita ao Brasil.

Esquivel compara o que ocorreu no país aos golpes de estado "branco" (sem intervenção militar) de Honduras e Paraguai, e afirma que domesticar governos e recolonizar a América Latina é o objetivo da direita. "Não sou de acreditar em casualidades... A atual embaixadora dos Estados Unidos no Brasil é a mesma que estava no Paraguai quando se realizou o golpe que depôs a Lugo", diz Esquivel.

Leia, abaixo, a íntegra do texto (em espanhol):

CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÕES CONTRA O GOLPE





A Agência PT de Notícias mantém atualizado o calendário de manifestações e mobilizações, em nível nacional, contra o golpe.

Para saber se irá ocorrer alguma manifestação perto do seu local, consulte o endereço pt.org.br/agenda.

Para esta terça-feira, 17 de maio de 2016, por exemplo, o site informa que haverá, pelo menos, quatro manifestações: em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Lisboa.

Confira

 17/05/2016  18:00 Ato nacional contra a extinção do Ministério da Cultura

São Paulo - SP - Teatro Oficina - Viaduto Júlio De Mesquita Filho

 17/05/2016  19:00 Solidariedade com a América Latina

Lisboa - Portugal - Casa do Alentejo - Rua Portas de Santo Antão, n.º 58

 17/05/2016  19:00 Concerto pela Democracia II

Rio de Janeiro - RJ - Palácio Gustavo Capanema - Rua da Imprensa, 16

17/05/2016  20:00 Plenária “Temer, jamais! Resistir nas ruas por direitos”

Curitiba - PR - IDP - Rua Marechal Deodoro, 869 


ARTISTAS SE MOBILIZAM CONTRA O FIM DO MINC

Sede do MinC no Rio, ocupada contra o fechamento do Ministério


Acontece hoje (17.maio.16), a partir das 18h, no Teatro Oficina, uma manifestação de artistas e intelectuais reunidos no Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Municipais de Cultura das Capitais e Regiões contra o fim do Ministério da Cultura, decretado pelo golpísta Michel "Sinistro" Temer.   

O teatro Oficina fica no Viaduto Julio de Mesquita Filho, o local tem capacidade para 350 lugares. O evento terá transmissão pelo youtube no endereço https://www.youtube.com/user/uzonauzyna.


Reproduzo abaixo, o manifesto dos organizadores do ato.

segunda-feira, 16 de maio de 2016

OS HONESTOS QUE JULGARÃO DILMA (1)


Suplente de senador, acusado, junto com o irmão, na Máfia das Ambulâncias

À medida que o tempo me permitir tentarei trazer breve histórico de alguns dos senadores que irão julgar a presidente Dilma por crime de responsabilidade. Começo pelo suplente do senador Blairo Maggi (PR-MT), Cidinho Santos (PR-MT), que assumiu com a ida do titular para o Ministério da Agricultura.

O senador José Aparecido dos Santos, o Cidinho, é alvo de duas ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela União – as quatro tramitam na Justiça Federal de Mato Grosso, sendo duas em Cuiabá e as outras em Diamantino. 

O DISCURSO MILITARIZADO DOS PRIMEIROS DIAS DE GO(LPE)VERNO

Discurso condizente com a formação autoritária


Bem que a Rede Globo se esforçou na noite do domingo (15.mai.16), em seu programa Fantástico, levantar a bola do interino Michel "Sinistro" Temer, mas, mesmo com perguntas e respostas ensaiadas, o mordomo de filme de terror não emplacava nenhuma firmeza nas respostas ou honestidade no olhar. Quem tiver paciência de rever a entrevista, comprovará.

FARSA SINDICAL: CUT NÃO FOI CHAMADA PARA REUNIÃO COM GOVERNO (E SE FOSSE, NÃO IRIA)




Para tentar fugir do estigma de governo golpista, o governo golpista de Michel Temer lançou na imprensa uma nota de que irá se reunir hoje`(16.mai.2016) à tarde com centrais sindicais.


No entanto, a maior central sindical do país, a CUT, não foi convidada formalmente. "Nos informaram que quem faria o convite informalmente seria o deputado Paulinho, da Força, mas nada chegou a nós", informou a assessoria da presidência da Central.
O objetivo declarado da reunião é apresentar às centrais o modelo de reforma da Previdência e, provavelmente, como apurou o blog, estabelecer uma agenda de diálogo com a Força Sindical e a UGT para encaminhar flexibilizações na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), incluindo jornada e remuneração variável, fim da multa sobre o FGTS e terceirização entre outros pontos.
Pela manhã, o presidente da CUT, Vagner Freitas, publicou no site da entidade a seguinte nota.





Retrocessos não se negociam. Vamos combatê-los na luta

A CUT não reconhece golpistas como governantes. Por isso, não irá à reunião que Michel Temer chamou para esta segunda feira com as centrais sindicais.
A CUT vai continuar defendendo os interesses da classe trabalhadora, principal vítima do golpe, exigindo a volta do Estado do Direito e do mandato da presidenta Dilma, legitimamente eleita com mais de 54 milhões de votos.
Acreditamos que a luta contra os retrocessos pretendidos e anunciados será travada pelo conjunto dos movimentos sociais nas ruas, nos locais de trabalho, na luta constante para impedir que o Brasil recue, do ponto de vista democrático, institucional e civilizatório, a décadas passadas.
O respeito a todos os mecanismos e esforços da população em busca de igualdade, valorização da diversidade e acesso a políticas públicas que combatam as injustiças sociais é um valor precioso demais. E assim queremos que seja tratado.
Vagner Freitas, presidente nacional da CUT

CTB também não participa

Em nota, a Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), ligada ao PCdoB, informou que também não irá participar da reunião. O presidente da Central, Adilson Araujo, afirmou: "Diante das evidências, a proposta de reforma da Previdência de Temer prevê aposentadoria no caixão. A CTB tem muita clareza dos riscos e, diferente de alguns setores do movimento sindical, não se dispõe a segurar na alça da traição".


domingo, 15 de maio de 2016

PRESO POR ESTUPRO, SUPLENTE NÃO ASSUME VAGA DE MINISTRO DE TEMER



O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) foi escolhido para ser o novo ministro da Saúde do governo Temer.  Com sua ida para o ministério, a vaga deixada na Câmara deveria ser ocupada pelo suplente Osmar Bertoldi (DEM-PR). 
O "problema" é que Bertoldi está preso desde fevereiro em Pinhais, no Paraná. Ele é acusado de agredir sua ex-noiva, Tatiana Bittencourt, constrangimento ilegal, trabalho escravo e estupro. O processo corre em segredo de Justiça.
O ex-deputado estadual foi preso em fevereiro durante uma ação conjunta da Polícia Federal e da Polícia Militar de Santa Catarina. A ex-noiva afirma ter sido "encarcerada, alvo de socos e chutes, chamada dos piores termos imagináveis, sem acesso a ninguém, apenas pessoas da confiança de Bertoldi que a vigiavam”.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

PARA GABRIELLI, IDA DE SERRA PARA MINISTÉRIO PODE PREJUDICAR SOBERANIA ENERGÉTICA

José Sérgio Gabrielli: foto Norian Segatto

Na manhã desta sexta-feira (13.mai.16), o ex-presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, concedeu uma entrevista por telefone para o blog. Na conversa, Gabrielli disse que a indicação de José Serra para o Ministério das Relações Exteriores pode acelerar a aprovação do projeto de autoria do senador, que retira da Petrobrás a exclusividade da operação da camada do pré-sal. Destaca, também, que considera equivocado acabar com a lei de partilha. Confira, a seguir, alguns trechos.  

VEÍCULO OFICIAL DE TEMER : GOL PISTA

NOTA DO MST SOBRE O GOLPE




Da Página do MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) vem a público manifestar seu repúdio e inconformismo em relação à decisão do Senado Federal, dessa quinta-feira (12), de admitir o processo de Impeachment contra a Presidenta Dilma Roussef e afastá-la do cargo temporariamente.
Temos certeza, como afirma o texto do processo, que a Presidenta não cometeu nenhum crime com as pedaladas fiscais. Se assim fosse, o processo deveria atingir também o vice que ora assume, Michel Temer, e o senador Anastasia, ex-governador de Minas.

TEMER /ITAMAR FRANCO : HÁ COMPARAÇÃO?

Temer, Quércia e Itamar: dois falecidos e um defunto político



Vamos começar pelo óbvio: ambos eram do PMDB, vice-presidentes alçados à condição de governantes máximos da nação após o impedimento dos titulares. Itamar, vice de Fernando Collor; Temer, de Dilma Rousseff.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

PETROBRÁS APRESENTA PREJUÍZO NO 1º TRIMESTRE E MENOR ENDIVIDAMENTO

Foto: Agência Petrobrás



A Petrobrás anunciou na tarde da quinta (12.mai.2016) o resultado do primeiro trimestre de 2016 (1T16). A empresa apresentou um prejuízo de R$ 1,2 bilhão no trimestre, mas teve o endividamento bruto reduzido em R$ 42 bilhões. A produção de petróleo na camada do pré-sal atingiu 859 mil barris por dia (bpd), um aumento de 29% em relação ao 1T15.

Os principais fatores apresentados pela empresa para o prejuízo foram:


DENÚNCIA: NOVO GOVERNO TIRA DO AR ARQUIVOS SOBRE A DITADURA





Repassem


Recebi há pouco essa denúncia que reproduzo abaixo. Tentei acessar o site do Instituto Vladimir Herzog e aparece fora do ar.

Parece que as coisas estão indo mais rápidas do que se imaginava.

Mensagem que recebi
"Vocês sabiam que bastou a Dilma ser afastada para que o portal Memórias da Ditadura, feito por meio de uma parceria entre o governo e o Instituto Vladimir Herzog, fosse misteriosamente retirado do ar? Essa informação foi passada por funcionários do Instituto, que vão lutar para reaver os dados. Parece que estão apagando todo o acesso público a esses levantamentos, o que deve envolver um trabalho de décadas, para além do próprio governo e do Instituto, além de certamente ter custado a segurança de diversas pessoas. Vamos fazer barulho, para eles recolocarem o site no ar. Deixa eu explicar melhor, para que não haja dúvida:

SUMIRAM COM TODAS AS INFORMAÇÕES MANTIDAS PELO GOVERNO FEDERAL A RESPEITO DA DITADURA MILITAR NO BRASIL

MINISTRO DA JUSTIÇA DE TEMER É SUSPEITO DE LIGAÇÕES COM O PCC


Alexandre de Moraes:


O advogado Alexandre de Moraes, até ontem secretário de Segurança de São Paulo, alçado a esta condição por Geraldo Alckimin, é o novo ministro da Justiça do Brasil. Detalhe: antes de assumir a Secretaria tucano em São Paulo, Alexandre de Moraes era advogado de defessa em pelo menos 123 processos da cooperativa Transcooper, empresa citada em investigação que apura formação de quadrilha e lavagem de dinheiro para o PCC (Primeiro Comando da Capital). Moraes nega qualquer envolvimento.

TODOS OS HOMENS BRANCOS DO PRESIDENTE

Nenhuma mulher no ministério de Temer


















O presidente interino golpista Michel "Sinistro*" Temer apresentou à imprensa a lista de 21 ministros, dos prováveis 23 ministérios que irão permanecer.

Todos homens brancos, de elite, a maioria sem qualquer voto ou representação.

Desde o nada saudoso General Geisel, nenhum governo foi comandado exclusivamente por homens. O revanche da elite ao empoderamento feminino.

Esse é o caminho do país com a posse do Sinistro.


QUEM SÃO OS NOVOS MINISTROS









* Uso o adjetivo "sinistro" em referência a como Michel Temer era tratado pela Polícia Civil no tempo de sua desastrosa passagem como Secretário de Segurança de São Paulo (1985)
Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,veja-a-lista-dos-possiveis-ministros-de-michel-temer,10000050773
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,veja-a-lista-dos-possiveis-ministros-de-michel-temer,10000050773
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,veja-a-lista-dos-possiveis-ministros-de-michel-temer,10000050773
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,veja-a-lista-dos-possiveis-ministros-de-michel-temer,10000050773
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Leia Mais:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,veja-a-lista-dos-possiveis-ministros-de-michel-temer,10000050773
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter

AFASTADA, DILMA DEIXA O PALÁCIO SERENA E NOS "BRAÇOS DO POVO"





O Brasil assistiu a uma cena triste e inusitada na manhã desta quinta-feira (12.mai.16). Ao ser afastada da Presidência por decisão do Senado, Dilma Rousseff saiu de cabeça erguida, serena e foi ovacionada por uma multidão que a aguardava aos gritos de "Dilma guerreira" e "resistir".

As imagens mostram, mais do que qualquer discurso ou estatística, o fosso que existe entre o Congresso e a sociedade.

Nunca antes na história deste país um(a) presidente foi afastado com tamanho carinho popular.

Getúlio Vargas resistiu com a vida ao golpe, que viria a acontecer dez anos depois.

João Goulart foi notificado de sua saída durante um voo e partiu direto para o Uruguai, seu último exílio.

Fernando Collor desceu a rampa sem qualquer apoio popular e saiu de cena de helicóptero.

Dilma guerreira falou de alta voz ao povo, reafirmou que não cometeu qualquer crime e disse que irá resistir dentro da legalidade pelo mandato conferido por 54 milhões de brasileiros.


Petrobrás apresenta hoje resultados do primeiro trimestre



A diretoria da Petrobrás apresentará nesta quinta-feira (12/5), a partir das 18h, o detalhamento dos resultados operacionais e financeiros do primeiro trimestre de 2016. A coletiva de imprensa ocorrerá no edifício-sede da companhia, no Centro do Rio de Janeiro.


A entrevista coletiva também será transmitida ao vivo pelo site da Agência Petrobras (www.petrobras.com.br/agenciapetrobras). Para ter acesso, é necessário estar previamente cadastrado no site.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

TCHAU, DEMOCRACIA!


AÉCiO SERÁ JULGADO NO STF POR GILMAR MENDES: ALGUÉM TEM DÚVIDA DE QUAL SERÁ O RESULTADO

Quer deixar seu palpite?


Coube ao imparcial ministro Gilmar Mendes, do STF, ser o relator do processo que investiga o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), por recebimento de propinas de Furnas. Aécio foi citado em vários depoimentos/delações da operação Lava Jato, o último deles por Delcídio do Amaral, senador que teve o mandato cassado ontem, 10.maio.2016.

Gilmar Mendes foi conduzido ao Supremo Tribunal Federal pelo ex-presidentte Fernando Henrique. Na época, Mendes desistiu de lançar sua candidatura a deputado pelo PSDB do Mato Grosso para assumir a vaga no STF.

Desde então, o ministro age como advogado dos interesses tucanos, interpretando a lei a favor de seus interesses partidários. É uma das figuras mais abjetas do STF.

Alguém tem dúvidas sobre qual será o resultado no caso da denúncia sobre Aécio com Mendes na relatoria?

Leia também
Ministro de FHC assume a presidência do TSE

SESSÃO AO VIVO DO SENADO






Acompanhe ao vivo a sessão do Senado que vota o golpe sobre a presidência Dilma Rousseff, Neste momento (12h10 de 11.maio.2016) a lamentável Marta Suplicy faz seu discurso. Após ler seus argumentos, recheados de lugares comuns e diz-que-diz que nada diz, "Suplícia" reafirma o voto "sim" para o golpe de sua ex-companheira de partido.

https://www.youtube.com/watch?v=4VWhByxes7Q

terça-feira, 10 de maio de 2016

PETROLEIROS: NAS REFINARIAS DE PAULÍNIA E CAPUAVA ADESÃO AO ATO DE 10 DE MAIO FOI DE 90%




Texto: Alessandra Campos

Foto: Maycon Soldan
Cerca de 90% dos trabalhadores da Replan, em Paulínia, e da Recap, em Mauá, bases do Sindipetro Unificado-SP (Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo), aderiram à paralisação nacional, realizada nesta terça-feira (10.05) em todo o país. Os petroleiros se mobilizaram em defesa da manutenção dos direitos trabalhistas e contra a privatização da Petrobrás e a entrega do pré-sal às multinacionais.

Nas duas refinarias, o expediente começou mais tarde. Os terceirizados reforçaram as mobilizações e entraram junto com os funcionários próprios, por volta das 9h30, promovendo um atraso no início da jornada de, aproximadamente, três horas. Em Mauá, o ato teve ainda a adesão dos trabalhadores da Transpetro, que exercem suas funções na Recap.

Foto: Maycon Soldan

Foto: Maycon Soldan

Foto: Maycon Soldan


A direção do Unificado conversou com a categoria sobre a conjuntura atual do país, os riscos de retrocessos e a importância da democracia, da Petrobrás e do pré-sal. “A defesa da empresa exige uma discussão política. Todos os petroleiros sabem que temos pela frente uma ofensiva pesada. Hoje é o dia de começarmos a construir nossa resistência contra os ataques aos direitos trabalhistas”, afirmou o coordenador da Regional Campinas do Unificado, Gustavo Marsaioli.

Segundo o diretor do Unificado e da FUP João Antônio de Moraes, o golpe tem alvo certo. “E não é contra a Dilma, o Lula ou o PT. O golpe é contra nós, trabalhadores. E se a gente não compreender isso, eles vão passar com um trator em cima das nossas cabeças”, declarou.

Os dirigentes sindicais alertaram os trabalhadores sobre o programa de governo de Michel Temer, chamado “Uma ponte para o futuro”. “Na verdade, trata-se de um túnel para o passado, que tem o objetivo principal de reduzir direitos trabalhistas e sociais”, destacou a coordenadora do Unificado, Cibele Vieira.

O pacote de maldades, que está para ser votado no Congresso Nacional, também foi lembrado pelos diretores. “Há 55 projetos de retirada de direitos dos trabalhadores. Temos uma difícil batalha pela frente e precisamos estar preparados para enfrentar o inimigo, caso contrário, seremos aniquilados”, comentou o diretor Auzélio Alves.

Terceirizados

O ato de hoje na Replan também serviu como protesto a favor dos terceirizados, que recebem da gerência da empresa tratamento diferenciado dos trabalhadores próprios. A maior parte desses funcionários, por exemplo, só pode entrar na refinaria pela portaria de serviços. “Eles são proibidos de entrar pela portaria social, que é a Sul. Só isso já mostra a discriminação que eles sofrem”, afirmou o diretor Felipe Grubba.

Em solidariedade aos companheiros, os trabalhadores próprios fizeram uma caminhada da portaria Sul até a Norte e entraram na refinaria junto com os terceirizados, passando pelas catracas do acesso de prestadores de serviço. “A gerência da Replan não admite petroleiros próprios e terceirizados juntos, mas vamos lutar para mudar isso. Hoje, mais do que nunca, temos que estar unidos”, concluiu o diretor Itamar Sanches.






OEA e Corte Interamericana se posicionam contra o golpe

Reunião da CDH do Senado: foto Pedro França/ Agência Senado 


Reproduzo matéria publicada pela Agência Senado.

Em audiência pública, nesta segunda-feira (9), na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, e o presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Roberto Caldas, criticaram a falta de base jurídica e a antecipação de votos que permeiam o processo de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff.