tome nota

DESTAQUES
ELEIÇÃO SEM LULA É FRAUDE

sociedadepoliticaecultura
ultimas noticias
23/03/2018

00.31
este campo foi
editado por
SPC.

Pesquisar neste blog

domingo, 28 de agosto de 2016

UM PAÍS EM ESTADO DE GOLPE



Esta semana o Senado vota o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Salvo algo inesperado, o resultado mais previsto é pelo seu afastamento definitivo do mandato concedido a ela por 54 milhões de votos.
Os crimes de “responsabilidade fiscal” ou as chamadas “pedaladas” são argumentos fracos e dúbios para se retirar a mandatária da Presidência. Foram usados como escudo para tentar ocultar a consolidação de um “golpe branco” (ou seja, sem intervenção armada militar) promovido por partidos de oposição, que saíram derrotados na eleição majoritária, mas obtiveram maioria na Câmara; o judiciário e a mídia – cada um com seus interesses e seu sentido de defesa da classe.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Quadro de medalhas do Brasil nas últimas 6 olimpíadas


Para quem ainda não entendeu a importância dos programas sociais, de inclusão e esportivos criados pelos governos Lula e Dilma.

Confira  a relação.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Canalhice midiática não é privilégio de poucos



Dias antes do início das olimpíadas, ouvi um comentário do Gilberto Dimenstein na rádio CBN. Costumo evitar, as poucas oportunidades que tive o desprazer de me encontrar no mesmo ambiente que ele, me revelou uma personalidade narcisística, prepotente e oportunista.

Seu comentário na rádio de propriedade das organizações Globo só acrescentou elementos a minha percepção. Dizia o tal articulista radiofônico sobre uma obra do artista Eduardo Srur sobre a fracassada tentativa de despoluir a Baia da Guanabara para o evento mundial. Em resumo, Srur fez uma escultura em forma de cocô e enviou para diversas personalidades políticas como protesto.

À parte considerar de mau gosto, não é minha intenção aqui avaliar a qualidade artística desta intervenção, o que me chamou a atenção foi quando Dimenstein começou a "listar" os políticos que haviam recebido a "obra de arte": citou Lula e Dilma. Ops, pensei, estamos em 2016, o Estado e a Prefeitura do Rio não conseguiram despoluir a Baía da Guanabara e o "culpado" é o Lula, que deixou a Presidência em 2009.

Este é apenas um exemplo de como a mídia e seus ditos articulistas se sentem à vontade para vomitar seu cabedal ideológico, independentemente de refletir a realidade - essa pouco importa para a ideologia.

Essa mídia é muito mais fétida que a Baía da Guanabara. Enquanto não houver uma efetiva democratização dos meios de comunicação, ficaremos à mercê do monopólio da manipulação.

Troféu cocô para Dimenstein.  

  

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Ministro da Saúde tem alergia à Justiça do Trabalho



Em vídeo que circula pelas redes sociais, o ministro da Saúde do governo golpista afirma, em alto e bom som, que tem "alergia da Justiça do Trabalho".

Ricardo Barros tem se notabilizado por ser um dos expoentes do atraso deste velho governo, articulando com fervor a agenda de interesses do empresariado.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

CENTRAIS CRITICAM EMPRESÁRIOS, MAS EVITAM O "FORA TEMER"





Na manhã desta terça-feira (16.ago2016), as principais centrais sindicais do país realizaram o Dia Nacional de Luta em Defesa do Emprego e dos Direitos Trabalhistas. Em São Paulo, dirigentes e militantes da Força Sindical, CUT, CTB, UGT, Nova Central e CSB ocuparam a frente do prédio da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), na Avenida Paulista, para criticar as políticas recessivas do governo, a reforma da Previdência, a ampliação desenfreada da terceirização, o aumento do desemprego e o corte de direitos trabalhistas.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

PM RI DEPOIS DE AGREDIR DIRIGENTE SINDICAL



Na manhã da terça-feira (9.ago.2016), a Polícia Militar do Distrito Federal reprimiu a mobilização de trabalhadores petroleiros e de outras categorias que estavam em Brasília para acompanhar os debates sobre o Projeto de Lei 4567/16 (leia matéria aqui).

Na ação policial dois dirigentes sindicais fora presos: Gustavo Marsaioli, do Sindipetro Unificado São Paulo, e Claudio Nunes, do Sindipetro Norte Fluminense.

Nas imagens publicadas pelo site da CUT Brasília, vê-se o momento em que os PMs imobilizaram os sindicalistas e os atacaram com gás de pimenta; na sequência, dois PMs que participaram da ação riem felizes da vida pelo truculência praticada.

Confira as imagens e acompanhe na próxima postagem entrevista exclusiva com o dirigente do Sindipetro Unificado, Marsaioli.









quarta-feira, 10 de agosto de 2016

SINDICALISTAS OCUPAM A CÂMARA E ENTREGA DO PRÉ-SAL NÃO AVANÇA





Durante toda a terça-feira (9.ago.2016), dirigentes sindicais petroleiros de diversos estados montaram acampamento em Brasília para acompanhar os debates sobre o Projeto de Lei PL 4567/16, que acaba com a obrigatoriedade da Petrobrás ser a operadora em todos os blocos do pré-sal. Na prática, esse projeto representa entregar o comando da exploração da maior riqueza nacional a empresas estrangeiras. 

O projeto teve origem no senado, pelas mãos de José Serra, compromisso que havia assumido com a estadunidense Chevron, em 2009 (conforme documentos revelados pelo Wikileaks).