quinta-feira, 11 de agosto de 2016

PM RI DEPOIS DE AGREDIR DIRIGENTE SINDICAL



Na manhã da terça-feira (9.ago.2016), a Polícia Militar do Distrito Federal reprimiu a mobilização de trabalhadores petroleiros e de outras categorias que estavam em Brasília para acompanhar os debates sobre o Projeto de Lei 4567/16 (leia matéria aqui).

Na ação policial dois dirigentes sindicais fora presos: Gustavo Marsaioli, do Sindipetro Unificado São Paulo, e Claudio Nunes, do Sindipetro Norte Fluminense.

Nas imagens publicadas pelo site da CUT Brasília, vê-se o momento em que os PMs imobilizaram os sindicalistas e os atacaram com gás de pimenta; na sequência, dois PMs que participaram da ação riem felizes da vida pelo truculência praticada.

Confira as imagens e acompanhe na próxima postagem entrevista exclusiva com o dirigente do Sindipetro Unificado, Marsaioli.









Postar um comentário