segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Petrobrás desconta de quem está em tratamento médico


A maior empresa do país se esforça cada dia mais para parecer a oficina do zé ruela. A novidade da vez é o desconto das horas em que o trabalhador(a) se ausenta quando precisa fazer uma consulta ou tratamento de saúde com regularidade (como o dentário). Só é aceito o atestado médico se a trabalhador, por algum motivo, tiver que ir com urgência ao médico e ficar afastado por motivos de saúde. Mesmo assim, quando regressar, tem que passar pelo médico da unidade para avaliação, para comprovar se de fato era necessário seu afastamento. Isso vale, inclusive, para fisioterapia, psicoterapia e outros tratamentos.
Como você, meu caro petroleiro e petroleira, se sente em uma situação dessas? Tem um problema de saúde e quando retorna ao trabalho é tratado como um meliante, ou um aluno de escola fundamental, que quer gazetear aula.
Ô Petrobrás, os trabalhadores têm mais o que fazer do que aguentar essas besteiras, que algum iluminado inventa.
Postar um comentário