sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

NOTA SOBRE A MANIFESTAÇÃO DO DIA 04/12




Esclarecemos que as Frentes não apoiam e nem participarão da manifestação convocada pelo Vem Pra Rua, um grupo de direita, golpista, que utiliza de forma demagógica e oportunista o suposto combate à corrupção. Financiado por organizações e partidos conservadores e instituições estrangeiras que objetivam impor ao Brasil o receituário neoliberal, eles são os mesmos que foram às ruas para defender o golpe, apoiar Eduardo Cunha e  a perseguição política seletiva do Juiz Sérgio Moro, agente do imperialismo norte americano e das forças reacionárias internas.

No dia 04/12 estarão nas ruas aqueles que defendem que juízes e procuradores tenham plena liberdade para perseguirem quem  desejar - seus alvos são predominantemente a esquerda e os movimentos sociais -, e que fiquem impunes quando comentem crimes.

Não compactuamos com a tese de quem votou a favor da emenda do abuso de autoridade seja caracterizado como a favor da corrupção e muito menos de  que quem votou contra seja paladino da moralidade.

O Brasil não pode ser chantageado por uma casta de privilegiados que recebe salários acima do teto estabelecido pela constituição,  para  impor ao povo um poder não  referendado nas urnas e com sinais claros de elementos do fascismo.

Os mesmos grupos que convocam a citada manifestação comemoraram   a aprovação da PEC do fim do mundo e a violenta repressão aos movimentos sociais em Brasília aos estudantes e trabalhadores que lá protestavam contra o golpe à Constituição de 1988 no dia 29/11.

Portanto, é necessário esclarecer que diante de certa confusão  gerada a partir de boatos nas redes sociais, que os trabalhadores, a juventude e os  movimentos sociais em geral não irão se misturar com os patrocinadores do golpe de Temer e Cunha - os mesmos que estão na linha de frente da campanha pelas reformas da previdência e trabalhista e tantos outros ataques às conquistas do povo Brasileiro. Nosso lado é o da democracia e por ampliação de direitos. FORA TEMER 

OCUPAREMOS A RUAS NO DIA 13/12 
NÃO À PEC 55 E A REPRESSÃO AOS MOVIMENTOS SOCIAIS
Vamos persistir na luta para denunciar e derrotar a PEC da maldade e ao mesmo tempo protestar contra a violência que se abate sobre  os manifestantes que estão nas ruas contra o golpista Temer e sua quadrilha. 
Faremos passeata em Salvador às 15h,  com concentração no Campo Grande. E deslocaremos novamente delegações à Brasília para pressionar os senadores a votarem ao lado do povo.

Salvador, 01/12/2016
Frente Brasil Popular
Frente Povo Sem Medo
Postar um comentário