sexta-feira, 9 de abril de 2010

Rio e Niterói: São Pedro tá de bronca, prefeitos são duas bestas e a mídia manipula

foto jornal Extra online
Logo após as tragédias que se seguiram às fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo, principalmente, o Brasil assistiu a um espetáculo de preconceito e desrespeito dos prefeitos Eduardo Paes (Rio) e José Roberto Silveira (Niterói). Ambos, em momentos distintos, atribuíram a culpa da tragédia às vítimas – ou seja, os pobres – que construíram suas casas em área de risco. No caso de Niterói, Silveirinha “esqueceu” de dizer que durante sua gestão anterior à frente da Prefeitura, foram feitas obras de urbanização no morro do Bumba, com placa e inauguração. Por que uma administração investiria em maquiar uma área de risco em vez de alertar a população e buscar alternativas. A resposta cabe em apenas uma palavra: voto. Depois que a m.. está feita, aí a culpa é dos pobres, óbvio, quem mandou serem pobres?
Sobre esses fatos a imprensa pouco ou nada divulga, mas fez certo estardalhaço na tarde da quinta-feira “informando” que ocorria um arrastão no centro de Niterói. Que gente ruim que são esses pobres, não bastasse perderem tudo, quer sair por aí roubando. A CBN entrou com a informação ao vivo no noticiário da tarde.
Como nunca fui de acreditar cegamente na imprensa, perguntei a uma amiga que mora em Niterói sobre o que ocorreu de fato. Eis a resposta: “As encostas da cidade cederam em vários locais obstruindo passagens importantes, o morro do Bumba fez aquele estrago monstruoso que está em toda a mídia, mas há uma favela que fica entre o centro da cidade e o bairro Ingá, perto do MAC, chamado Morro do Cavalão, que também teve deslizamento e gente soterrada. Aparentemente, os bombeiros não foram lá e cerca de uns 60 moradores desceram e fizeram um protesto no centro de Niterói. A história contada é que assaltantes se misturaram a esta gente e assaltaram uma loja. A polícia não confirmou nada disso e não conseguiram localizar a tal loja...”
É isso: pobre vira culpado pela ira de São Pedro e incompetência dos políticos e protesto vira arrastão. Aplausos, mais uma vez, para nossa mídia cafajeste.
Postar um comentário