terça-feira, 24 de março de 2009

No segundo dia da greve dos petroleiros empresa abre negociação

O segundo dia de greve dos trabalhadores do Sistema Petrobrás segue forte em todo o país. Todas as 11 refinarias da empresa, assim como as quatro unidades industriais (unidade de produção de xisto, fábricas de fertilizantes e lubrificantes) continuam sem rendição nos turnos. O mesmo ocorre na grande maioria dos terminais, oleodutos e gasodutos da Petrobrás Transporte, onde também não está havendo troca de turno. Nas áreas de produção e exploração de petróleo e gás, os trabalhadores também aderiram à greve e reduziram a produção no Norte Capixaba (ES), nas plataformas do Rio Grande do Norte, nos campos terrestres da Bahia e na Província Petrolífera de Urucu (AM).
Reabertura da negociação
A unidade nacional dos trabalhadores e o impacto da greve levaram a Petrobrás a reabrir a negociação com a FUP e sindicatos. A empresa agendou para às 15 horas desta terça-feira, reunião de negociação, em sua sede, no Rio de Janeiro.
Postar um comentário