quarta-feira, 1 de junho de 2016

QUEREM O FIM DA CULTURA DO ESTUPRO, COMECEM CASSANDO O BOLSONARO

Deputadas em sintonia com a mídia: foto Lula Marques



Parlamentares da bancada feminina no Congresso (cerca de 10% dos 513 deputados) realizaram um manifesto no dia 31, no Plenário da Câmara, pelo "fim da cultura do estupro".

Quantas dessas parlamentares se indignaram dessa forma quando a deputada Maria do Rosário foi atacada verbalmente pelo fascista Jair Bolsonoro (PP-RJ), que disse que não a estupraria porque ela não merecia?



Naquela época, em 2014, poucas vozes femininas na Câmara mostraram verdeira revolta. Agora, com o tema voltando à mídia por conta do escabroso caso da adolescente estuprada no Rio de Janeiro, essas senhoras levantam suas plaquinhas para serem clicladas pela imprensa.

Não quero generalizar, há deputadas e senadoras que sempre combateram o lado bom do combate, como Jandira Feghali, Luiza Erundina e a própria Maria do Rosário, entre outras. 

No entanto, para serem coerentes com as faixas que portavam ontem (31.maio.2016) a bancada feminina deveria pedir a imediata cassação do deputado Jair Bolsonoro.  
Postar um comentário