sexta-feira, 15 de abril de 2016

Secretário de comunicação da CUT pede "guerrilha virtual" contra golpe

Roni Barbosa, secretário de Comunicação da CUT Nacional


O clima esta tenso em Brasília, relatou esta tarde (15.abr.2016) para o blog o secretário de comunicação da CUT Nacional, Roni Barbosa, que se encontra na capital federal para acompanhar as mobilizações deste final de semana.

Apesar do clima de "já ganhou" da mídia golpista, que estampa placares elásticos a favor do impeachment, Roni acredita que a militância possa fazer diferença. "




Como as mobilizações populares têm impactado na disputa política dos últimos dias?
Roni Barbosa - Hoje tivemos mobilizações em pelo menos dez estados, nas principais rodovias e cidades, nosso povo saiu às ruas e acho que isso deve se intensificar até domingo. Sinto que nossa mobilização está acuando os coxinhas e pressionando os deputados que ainda estão indecisos.

Você não acha que a votação na Câmara já esta definida a favor do impeachment?
Roni - Ainda não, um termômetro disso é que até agora (17h da sexta, 15) estavam inscritos para discursar 169 deputados a favor do impeachment e 79 contra. Se essa proporção se manter na votação, o golpe não passa.

A mídia tem anunciado durante todo o dia que os pró-impeachment já somam mais de 342 votos.
Roni - Não seria a primeira vez que a mídia golpista mente. A CUT tem feito um acompanhamento muito criterioso e ainda há um bom percentual de deputados indecisos. Fizemos uma pesquisa pelo instituto Vox Populi e 58% dos entrevistados acreditam que o golpe não vai resolver a crise do país.

E qual a orientação você deixaria para quem está lutando contra o golpe?
Roni - este é um momento de intensificarmos a guerrilha virtual, eletrônica. No site da CUT há a relação de deputados indecisos, envie email, whatsapp, faça pressão, pois isso funciona. Esta semana, um deputado do Mato Grosso ligou na comunicação da CUT pedindo para tirar o nome dele como "indeciso", pois havia recebido mais de 400 emails cobrando uma posição.

Essa pressão incomoda os deputados?
Roni - incomoda e mostra que a sociedade está cobrando, está mobilizada. Nas redes sociais têm músicas, jingles, manifestos, quem está do nosso lado não é para defender apenas o mandato presidencial, é para defender a democracia e tenho certeza de que se formos, de forma pacífica, mas mobilizados, ocupar as ruas, vamos fazer os coxinhas recuar.
Postar um comentário