sexta-feira, 1 de abril de 2011

Cê tá de castigo, vá ler um livro

Reportagem veiculada pela Rádio CBN. Em Ribeirão das Neves (MG), funcionários de uma escola estão sendo acusados de maus tratos a uma criança de 8 anos, que teria sido forçada a colocar o dedo em um vidro de pimenta e levar o dedo à boca, como castigo por falar palavrões em sala de aula. Lá pelas tantas da matéria, o reporter informa que a Secretaria do Estado da Educação recrimina esse tipo de prática (óbvio) e sugere outras penas como "ler um livro". É isso mesmo, o castigo sugerido pela Secretaria de Educação a pirralhos mal comportados é ler. É assim que se tenta formar leitores neste país... o ato de ler, em vez de prazeroso, é dado como corretivo.


Difícil é saber o que e mais lamentável, a "alternativa" dada pela Secretaria ou o fato de o repórter dizer que essa é uma medida "educativa".


E ainda tem alguns que dizem que a culpa do baixo índice de leitura é apenas por conta do alto custo do livro.
Ouçam a reportagem

Um comentário:

sandra regina disse...

Pra quem trabalha com livros didáticos....rs...