sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Chapa 1 vence eleição dos metalúrgicos de Limeira

Post do Renato Simões.
Acabou hoje (14/9) pela manhã a apuração das eleições do Sindicato dos Metalúrgicos de Limeira. Apesar de todas as dificuldades impostas por uma oposição encomendada pelos patrões e pelos pelegos da cidade e da violência de seus bate-paus, o quórum de 2/3 de votantes foi atingido, as urnas abertas e uma grande vitória da Chapa 1 assegurada por larga margem de votos.

Chapa 1 - 3.690
Chapa 2 - 791
brancos - 102
nulos - 69
impugnados - 129

A apuração teve que ser realizada no quartel do 36o. Batalhão da PM de Limeira, dado o acúmulo de ocorrências policiais violentas patrocinadas pela Chapa 2 (invasão da sede e da casa do administrador do Sindicato com depredação, roubo de urnas a mão armada, espancamentos e forte mobilização de bandidos sindicais de todo o estado nos dias do pleito).

A Chapa 2 se retirou da apuração, deve contestar o resultado na Justiça para manter viva a deslegitimação da atual direção do Sindicato, mas a categoria metalúrgica de Limeira votou maciçamente na continuidade do projeto classista e democrático que desde a vitória da Oposição Sindical nos anos 80 se instalou naquele Sindicato.

Agradeço a todos/as os/as militantes que se deslocaram de suas cidades e estados para apoiar a Chapa 1 e aos parlamentares que se envolveram na busca de garantias para o pleito (entre eles, o senador Suplicy e os dep. estaduais Antonio Mentor, José Cândido, Roberto Felício, Simão Pedro, Ênio Tatto e Raul Marcelo).
Postar um comentário