segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Austrália nega visto a jornalista que entrevistou Bin Laden

13 set (Agência EFE).- O diretor do jornal Al Qods Al Arabi, o palestino Abdel Bari Atwan, que entrevistou Osama bin Laden em 1996, cancelou sua participação no Festival de Escritores de Brisbane porque não recebeu o visto de entrada na Austrália, informou hoje a imprensa australiana.
Autor do livro "A história secreta da Al Qaeda", no qual detalha seu encontro com Bin Laden, Atwan acusou o governo australiano de retardar a aprovação de seu visto, que solicitou há um mês, segundo o jornal The Australian. O diretor do Festival de Escritores de Brisbane, Michael Campbell, disse que os vistos dos outros convidados estrangeiros tinham sido aprovados em questão de dias.
Uma porta-voz do ministro de Imigração comentou que a entrevista de Bin Laden a Atwan tinha chamado a atenção das agências de segurança. "Isso é ridículo. Não sou um terrorista, não sou um traficante de drogas, trabalho com palavras e com idéias", disse Atwan ao "Australian".

(fonte:
http://www.comunique-se.com.br/)
Postar um comentário