sexta-feira, 10 de outubro de 2008

CUT é recebida por Evo Morales


Na noite do dia 9, a delegação da CUT que está na Bolívia foi recebida no Palácio Quemado, sede do governo em La Paz, pelo vice-ministro para Movimentos Sociais, Sacha Llorenti e, em seguida, pelo presidente Evo Morales.
Morales agradeceu a demonstração de solidariedade da CUT: "Como sindicalista que fui, não vou jamais trair o povo pobre da Bolívia e as expectativas que nossos irmãos de outros países, como o Brasil, tem no nosso processo revolucionário e na luta contra o império". O diretor do Unificado e membro da executiva da CUT, Antonio Carlos Spis informou que a Central e a CMS (Coordenação dos Movimentos Sociais) discutirão o envio de representantes do Brasil à Marcha de 13 de outubro dos movimentos sociais bolivianos, que vai exigir do Congresso a convocação do Referendo para aprovar a nova Constituição. Ao final da audiência Evo tirou uma foto junto com os cutistas, com a camiseta da campanha da FUP "O Petróleo é do Brasil".
Postar um comentário